Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

25 março 2007

PLEBISCITO PARA CASSAR GOVERNO E CONGRESSO INCOMPETENTES

CONSEQUÊNCIA DA PROPAGANDA POLÍTICA ENGANOSA, DA INCOMPETÊNCIA E DA INERCIA.

Por Jarbas Cordeiro de Campos, jornalista de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Precisamos de um mecanismo constitucional que nos permita, através de plebiscito, convocado pelos tribunais superiores para destituir Governo e Congresso Nacional quando estes não apresentarem soluções para um problema como o da segurança pública.
Eles são acéfalos, não aprendem, nem mesmo quando eles e seus próprios filhos estão correndo os mesmos riscos que os cidadãos comuns. Estou falando deles, os membros dos governos, dos judiciários estadual e federal. Mas as futuras gerações haveram de tomar como exemplo esses pronunciamentos infelizes e a inércia atual, e com certeza encontraram uma solução para o problema da violência.
A solução é complexa, carecem de reestruturação e mudança de mentalidade, além de modernização dos equipamentos, ações integradas, reformulações de leis e outros instrumentos, mas depende essencialmente de uma decisão política de um governo querer bem a sociedade que o elege.
A grande verdade é a triste constatação de que apenas 5% dos crimes são apurados e levados a julgamentos. Se nossas polícias judiciárias fossem mais competentes não haveria lugar nas cadeias para tantos criminosos. Infelizmente, estamos pagando o preço dos erros dos governos passados e ainda vamos pagar mais caro ainda, por que este governo não dá nenhuma contribuição para amenizar as conseqüências da impunidade no presente.
Contra a violência, a incompetência, a inércia e a indiferença do Governo e do Congresso Nacional, precisam usar de um mecanismo coercível contra a propaganda política enganosa e ato continuo, devemos dar oportunidade a quem quer trabalhar pela segurança pública da sociedade brasileira.

5 comentários:

Keikas disse...

ola meu amigo,
passando, lendo e concordando contigo...

Antonio Carlos S. Monteiro disse...

De fato Jarbas, inércia política esta demais. Devido ao descompromisso de nossos governantes, junto com esta proposta, sugiro a de responsabilidade política aos candidatos que prometerem projetos viabilizadores (de reforma, ou desenvolvimento) antes da candidatura, na medida em que outro poder, cobre dos eleitos, sua realização e eficácia. Isto poderia forçar os candidatos a programar e solidificar seus projetos em realidade.

Abraços

Juvencio de Arruda disse...

Sim. O mecanismo seria muito benvindo, tal a desfaçatez com que se entregam os elementos à práticas danosas ao erário, à cultura política e á cidadania.
Apoiado!

Saramar disse...

Jarbas, concordo com você em tudo.
Os políticos agem como se o mandato fosse deles e para eles.
Nada fazem pela população que o elegeu, cuidando apenas dos seus interesses.
A falta da atutudes firmes contra a criminalidade cada vez maior é uma prova de que ninguém se preocupa e que o cidadão está órgão.
Se eles querem prebiscito vamos sim consultar o povo sobre a troca imediata desses parasitas.

beijos

Cristina Lima disse...

Apoiadíssimo!!!!!