Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

10 junho 2019

CRIMINOSOS DO COLARINHO BRANCO TOMARAM DE ASSALTO O PAIS

Vejam a quantidade de políticos corruptos a Lava Jato apurou. Por essas constatações e outros fatos é devemos ter uma Operação Lava Jato em cada estado. Os criminosos do colarinho branco tomaram de assalto os cofres públicos. 
Leia mais aqui: https://theintercept.com/2019/06/09/chat-moro-deltan-telegram-lava-jato/

06 maio 2019

LEI FEDERAL GARANTE ABERTURA DE NEGOCIO, SEM INTERFERÊNCIA DO ESTADO E DO MUNICIPIO.

DAQUI PRA FRENTE SÓ NÃO TRABALHO QUEM NÃO. POR SER UMA LEI FEDERAL, O ESTADO E O MUNICÍPIO NÃO PODE IMPEDIR DE NINGUÉM DE TER UMA LIVRE INICIATIVA, QUERO DIZER, ABRIR UM NEGOCIO.

01 maio 2019

CATOLICOS E EVANGELICOS COLOCAM REDE GLOBO NA BERLINDA.

Bispos e Padres Católicos, Pastores Evangélicos e parlamentares se unem, na maior campanha da história contra a Rede GLOBO de televisão. Essa eu faço questão de repassar.

17 abril 2019

URGENTE: Janaína Paschoal se levanta contra Toffoli e Moraes/STF, faz di...

DEZESSEIS ANOS DE PT E UMA GERAÇÃO PERDIDA.

��AGORA ! DISCURSO PRESIDENTE BOLSONARO EM CERIMÔNIA EM COMEMORAÇÃO DIA D...

SIGAMOS EM FRENTE POR QUE O FUTURO ESTÁ CHEIO DE GENTE.

JUIZES SEM MORDOMIAS. UM EXEMPLO A SER SEGUIDO.

ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO EM RISCO. Embate entre STF e PGR é tema absoluto das manchetes dos grandes jornais. O tema absoluto das manchetes de capa dos grandes jornais é o embate entre STF e PGR. “Dodge diz que inquérito é ilegal e confronta STF. Ministro Alexandre de Moraes ignora a Constituição.

14 abril 2019

PREDIDENTE CONCLAMA TODOS A UNIÃO POR UM BRASIL MELHOR.

Vale a pena ver e ouvir Jair Bolsonaro , nosso presidente/capitão conclamando todo o pais a união por um Brasil melhor. Ninguém é mais forte que todos juntos!!!

11 abril 2019

ASSALTADOS PELA RECEITA FEDERAL

Jair Bolsonaro, meu presidente/capitão, estamos esperando pela correção da Tabela do Imposto de Renda na fonte já faz anos. Até quando Paulo Guedes, vamos continuar sendo assaltados pela Receita Federal?

19 março 2019

STF decide se Receita poderá compartilhar com MP dados bancários e fiscais do contribuinte | Revista Fórum

 


STF decide se Receita poderá compartilhar com MP dados bancários e fiscais do contribuinte | Revista Fórum: O assunto voltou à tona depois que dados do ministro do STF, Gilmar Mendes, vieram a público.


     Vai entrar na pauta do STF (Supremo Tribunal Federal), na próxima quinta-feira (21), se a Receita Federal pode compartilhar com o Ministério Público Federal dados bancários e fiscais
do contribuinte de forma ampla e detalhada.
O tema foi pautado pelo próprio presidente do tribunal, Dias Toffoli.
O assunto voltou à tona depois que dados do ministro do STF, Gilmar Mendes, vieram a público de forma ilegal.
     Gilmar foi investigado pela Receita Federal, que abriu procedimento para identificar “focos de
corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de
influência”, relativos a ele e sua esposa Guiomar, que é advogada.
     O fato chamou a atenção para a atuação de uma força-tarefa do fisco que investiga 134 pessoas.
     O compartilhamento de dados da Receita com órgãos de investigação já
foi autorizado pelo STF. O que entrará em discussão agora é se isso pode
ser feito de forma irrestrita. Ou se a Receita poderia divulgar apenas
dados globais, caso mostrassem movimentação financeira incompatível com o
patrimônio da pessoa fiscalizada.

18 janeiro 2019

PARTE DO DEPOIMENTO DO HOMEM BOMBA DE LULA, EX-MINISTRO ANTONIO PALOCCI

“QUE também se recorda que, dos recursos em espécie recebidos da ODEBRECHT e retirados por BRANISLAV KONTIC, levou em oportunidades diversas cerca de trinta, quarenta, cinqüenta e oitenta mil reais em espécie para o próprio LULA; QUE esses valores eram demandados pelo próprio LULA com a orientação dada por ele de que não devia o COLABORADOR comentar os pedidos com PAULO OKAMOTO nem com ninguém; QUE o COLABORADOR sempre atendia aos pedidos de LULA; QUE, posteriormente, já no curso da OPERAÇÃO LAVAJATO, o próprio BRANISLAV informou ao COLABORADOR que recebia recursos em espécie da ODEBRECHT de FERNANDO MIGLIACCIO; QUE FERNANDO era vizinho de bairro de BRANISLAV KONTIC; QUE BRANISLAVassim agia a pedido do COLABORADOR; QUE os valores eram utilizados para pagamento de contas do INSTITUTO, de contas extras da entidade, contas do próprio COLABORADOR, de pedidos que o próprio LULA fazia, como em oportunidade que solicitou que efetuasse pagamentos na ordem de 30 mil reais em determinada conta; QUE não indagou a LULA o motivo dos depósitos solicitados; QUE acreditava que LULA pediu ao COLABORADOR cerca de oito a nove vezes valores em espécie; em média, os valores chegavam a 50 mil reais; QUE LULA pedia ao COLABORADOR que não informasse os pedidos a ninguém; QUE se recorda que levou valores a LULA em Brasília/DF; QUE levou valores em espécie a LULA em diversas vezes em São Paulo/SP; QUE já levou valores em espécie para LULA dentro da aeronave presidencial; QUE era apenas o COLABORADOR a levar pessoalmente recursos a LULA, entregues em suas mãos; QUE indagado se existem testemunhas dessas entregas, respondeu que em determinada oportunidade levou 50 mil reais em espécies a LULA no Terminal da Aeronáutica em Brasília/DF, durante a campanha de 2010, dentro de uma caixa de celular na frente do motorista do COLABORADOR, cujo nome era CLÁUDIO GOUVEIA; QUE, em São Paulo, recorda-se de episódio de quando levou dinheiro em espécie a LULA dentro de caixa de whisky até o Aeroporto de Congonhas, sendo que no caminho até o local recebeu constantes chamadas telefônicas de LULA cobrando a entrega, momentos que eram testemunhados pelo motorista CARLOS POCENTE, o qual, inclusive, teria brincado com o COLABORADOR perguntando se toda aquela cobrança de LULA se dava apenas por uma garrafa de whisky, sendo que o COLABORADOR respondeu ao motorista que era óbvio que a insistência de LULA não era por bebida, e sim pelo dinheiro; QUE o motorista afirmou ao COLABORADOR que estava brincando e que sabia que se tratava de dinheiro em espécie; QUE isso também ocorreu em 2010.”