Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

05 março 2007

"CONFISSÃO EXPLÍCITA DE FRACASSO"


"Brasília.Por razões de natureza processual, cresce entre os 11 ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) a avaliação de que talvez seja necessário recusar a denúncia do procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, a respeito do escândalo do mensalão. Com 40 denunciados, há possibilidade de que o tribunal tenha de ouvir até 360 testemunhas no processo. É uma ação complexa e que se arrastaria por anos, sujeita a manobras protelatórias. Ministros do STF já comentam reservadamente que o tribunal correrá o risco de não julgar o processo antes da prescrição - prazo após o qual é extinta a punibilidade de um crime. Se isso acontecer, seria uma confissão explícita de fracasso e inviabilidade do funcionamento do tribunal nos moldes atuais, atolado em ações e moroso nas decisões. A rejeição da denúncia, porém, não é uma decisão fácil. " Fonte: Diário do Nordeste.

ANALÍSE DA NOTÍCIA.

Caso se confirme essa notícia, o maior beneficiário seria o ex-deputado e ex-ministro Chefe da Casa Civil, José Dirceu, pretenso candidato a anistia e a sucessão de Lula.

3 comentários:

Cris Zimermann disse...

Fica fácil adivinhar o caminho q os melecas vão seguir, né?

Jarbas, viu como vc ficou bonito no BOB?

bj$$$

Ricardo Rayol disse...

Jarbas, pelo que entendi seria um fiasco para o JD pois ele não poderia dizer que é inocente na trama. Coisas de interpretação sei lá.

Antonio Carlos S. Monteiro disse...

A respeito da prescrição. O STF estaria jogando no lixo os princípios da moralidade, celeridade processual e toda a emenda 45(Razoavel duração dos processos). Construindo assim, uma péssima imagem no campo da ética e da justica.
Quanto ao Ze dirceu, acho que a eleição do Arlindo C, como várias surpresas, estão recheadas de promessas a outros parlamentares com vários objetivos definidos; um deles é anistiar o dito cujo.