Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

15 março 2007

O DISCURSO 'FACTUAL' DE COLLOR

Amanhã, às 15h, o ex-presidente e senador Fernando Collor (PTB-AL) fará seu primeiro discurso no plenário do Senado.
Já avisou aos assessores: será a última vez que fala de seu passado, de sua passagem pela Presidência da República e do processo de impeachment.
Depois, só falará do presente e do futuro.
O pronunciamento tem, até agora, mais de 30 páginas e ele garante: - Não há nada de emocional; é tudo factual.

5 comentários:

Antonio Carlos S. Monteiro disse...

Esperemos entao...

Ricardo Rayol disse...

Imagino que tipo de dicurso fará.. fui perseguido, injustamente blábláblá, sem provas etc etc etc... e a gente pagando o salário de um fdp desses

Anônimo disse...

se estudante fosse sábio, não era estudante era professor. Estudante é um ser facil de se programar, manipular, tipo assim os caras pintadas que foram usados pelos politicos expertos que ususparam o poder do Collor que foi babaca de não fazer igual ao mané do LuLa que abriu os cofres e subornou todo o congresso com o caso do mensalão que não deu em nada o FHC aroubou tanto com os banco e ñ deu em nada o que menos robou e se lascou foi o Collor. karlao666@hotmail.com

Carlos ALberto (Karlão) foradeserie disse...

Tem quarentão que é otarião ñ ve alem do q a mida lhes permitem ver...

Carlos ALberto (Karlão) foradeserie disse...

07 Março 2007
MP DEFINE GRUPO CONTRA CORRUPÇÃO
Cartilha de Combate a Corrupção

Um bom ponto de partida é a cartilha "O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil", resultado da parceria da Amarribo com o Instituto Ethos e Transparência Brasil cuja publicação foi apoiada por diversas empresas. A cartilha pode ser reproduzida na íntegra - sem modificações - e sua distribuição não é limitada.
Para obtê-la procure nas livrarias Cultura, Saraiva ou no Submarino. Ou faça o download clicando aqui. Cartilha de Combate a Corrupção

AÇÃO CONTRA A CORRUPÇÃO

O Ministério Público Estadual de Minas Gerais apresentou ontem o recém- criado Grupo Especial de Promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (GEPP), que terá como principal atribuição dar suporte aos membros da instituição que atuam no combate à corrupção.
O Grupo Especial foi criado por resolução do procurador geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior, e terá a participação dos promotores de Justiça Daniel de Sá Rodrigues, Paula Ayres de Lima e Carlos Alberto Valera.
De acordo com Jarbas Soares Junior, o GEPP irá atuar como uma promotoria de Justiça itinerante de defesa do patrimônio público.
“Temos ainda muitas dificuldades, muito trabalho acumulado. O grupo é formado por pessoas com experiência na área para que o Ministério Público possa dar respostas mais rápidas e atuar em situações de emergência. Temos muito trabalho a fazer e a expectativa é que o grupo cresça com o tempo”, explicou Jarbas Soares Junior.
“Não será uma caça às bruxas, mas será também uma maneira de não entrar no jogo político local”, acrescentou. O GEPP vai funcionar na estrutura do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (Caopp) do Ministério Público Estadual.
O grupo de apoio pode, entre outras atividades, sugerir a elaboração de convênios, instaurar inquérito civil conjunto entre as diversas promotorias de Justiça para a adoção de medidas que garantam a proteção do patrimônio público, promover medidas legais em inquéritos, procedimentos administrativos investigatórios e ações civis públicas.
“Os promotores que estiverem sobrecarregados ou tiverem alguma dificuldade de atuação podem mobilizar o grupo daqui. Os três promotores estarão designados exclusivamente para esse trabalho”, explicou o coordenador do Caopp, Geraldo Geraldo Ferreira da Silva

posted by Passarim at 12:24