Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

09 outubro 2006

QUE RÉGUA MEDE O GOVERNO LULA ?

“Não me meça pela sua régua”.

Nem Alckmin, nem o povo brasileiro querem ser medidos pela régua do Governo Lula. Por que ? Simplesmente por que a régua do presidente candidato é aferida pela corrupção, pelos mensaleiros e sanguessugas os quais são desprovidos de princípios éticos, morais e suas medidas não conferem com as exigências mínimas da sociedade que exige transparência, honrabilidade, probidade administrativa e cuidado com a coisa pública.

Além transmitir ao presidente candidato o sentimento do povo brasileiro, Alckmin foi incisivo ao perguntar de onde vem o dinheiro para pagamento do dossiê fajuto armado pelos petistas aloprados do terceiro andar do Planalto. Geraldo Alckmin, foi além, manifestou sua estranheza do gosto pela mordomia com o luxo do aerolula e as altas despesas com o cartão de crédito do planalto, cujas altas despesas, hoje são tidas como segredos de estado, então desafiou o candidato presidente a abri-las. Alckmin foi irreparável, perguntou ao candidato presidente o que o povo quer saber e a imprensa interessa noticiar. Indagou sobre o sumiço de 11 milhões em cartilhas confeccionadas pela SECOM e distribuídas pelo PT e não esqueceu do exorbitante gasto com publicidade no semestre que antecede este pleito. E ainda falou de seus planos de governo. Sem respostas, do início ao fim do debate, Lula demonstrou-se nervoso – boca seca, bebendo água que não te cabia - assustado, surpreendido e irritado foi embora derrotado, deixando para trás para dar inexplicáveis explicações, Marta Suplicy e Marco Aurélio, o casal de atônitos e sem palavras.

5 comentários:

Stella disse...

Geraldo surprendeu, mas poderia ter guardado bala para o debate mais importante. Lula rebateu e agora se prepara melhor e
aí é que mora o perigo.
e Marta fez outra coisa ( prá mim delirou ) mas não explicou nada

Zappi disse...

Parabéns pelo blog, Jarbas. Gostei muito mesmo! É claro e direto, como eu gosto.

Blogue da Magui disse...

Excelente análise .Foi isso mesmo. Faltou vc dizer do ato falho dele quando disse que o chuchu parecia um delegado!!!!!

Kafé Roceiro disse...

Como disse Alckmin. Tenho vergonha do Presidente do meu país! No mais, sua análise foi ótima...

Roberto Lopes disse...

...Andam dizendo "os que não sabem de nada" que o Geraldão foi arrogante...
E ELLES são o que?
*Que tamanho ERA o salto DELLES antes do primeiro turno?
* ELLE disse que ia ganhar, de novo, domingo no debate da band...

Só esqueceram de dizer que o debate era com o Alckmin e não com álcool em mim.

E a Marta, o que foi aquilo que fizeram na boca dela?

Ta bem pertinho, ainda é tempo de acordar, Brasil!

Roberto Lopes.
Fortaleza. Ce.