Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

28 novembro 2006

MINISTRA DEFENDE CAUSA PROPRIA


Jetom e aumento são bombardeados Diante a repercussão negativa, projeto é retirado da pauta da Câmara e ministra do STF cancela encontro que teria com líderes partidários para fazer lobby em defesa do reajuste.
Por Ricardo Allan e Riomar Trindade
Brasília – A pressão do governo e de entidades representativas da sociedade civil detonou o jetom que a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ellen Gracie, desejava ver criado para aumentar seu próprio salário e de mais 14 integrantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Diante da repercussão negativa da proposta de aumentar também o salário dos ministros do Supremo, Ellen cancelou o encontro que teria hoje com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), e os líderes dos partidos, justamente para fazer lobby em defesa do reajuste e do jetom. Os dois projetos e mais o que cria cargos no STF foram retirados da pauta de votação prevista para esta semana, na Câmara. Fonte: Jornal Estado de Minas

3 comentários:

andre wernner disse...

Passarim,
O que ganham já está bom de mais. É hora de pensar no salário do povo, do trabalhador que bate ponto, que chega de madrugada porque depende de transporte de péssima qualidade, e nem sempre se alimenta direito.
Enquanto o povão sofre, esses tais comem lagosta, camarão e tomam vinho francês. A ministra Ellen está me decepcionando. Tinha simpatia por ela. Estou perdendo, assim como já perdi por muitos, nas últimas décadas...
Abs

Roberto Lopes disse...

Amigo Jarbas,
Lá se vai mais uma das ultimas esperanças.
Ministra,logo a senhora que passava tanta seriedade.
Decepção. Mais uma.
Roberto Lopes.
Fortaleza.Ce.

cantabile disse...

... e pensar que eu ganhei 4,2% de aumento!
Concordo com o Roberto Lopes, é decepcionante .