Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

01 dezembro 2006

MODA QUE MATA, NÃO COMPRE !



Diversas modelos das mais famosas grifes do mundo da moda se recusam a vestir ou desfilar roupas confeccionadas com peles de animais, evitando desta forma o sacrificio de algumas especies.
Foi com este boite que as modelos conseguiram substituir na confecção de golas, bolsas e calçados a pele de animais por materia prima sintetica.
Moda ou grife que sacrifica modelos impondo a ditadura da magreza, não vejo, não leio, não compro, não uso, não deixo usar, com o meu dinheiro não ! Abaixo a moda magrela que mata !

7 comentários:

Santa disse...

Concordo! Uma moda insana.

Bjs

fabricio lima disse...

maldito capitalismo.

Cris Zimermann disse...

Os meninos deveriam comandar essa campanha, contando q adoram curvas, em especial quando podem 'derrapar' nelas. Mulher nenhuma iria querer ser magra.

Quanto aos animais, penso q a pele preferida dos homens é a que os gringos chamam de 'birthday suit' ('roupa de aniversário'). É a pele mais cara do mundo, a que vem conosco desde o nosso nascimento. Quem iria precisar se cobrir com 'capas de sacrifício'?

É só mudar o foco...

Jarbas, por onde tem andado? Saudades de ti :)

bjsss

Ricardo Rayol disse...

Nada como uma Juliana Paes para preencher nossa cama.

E viva a moda calórica e colesterólica que também mata!!!! (não resisiti)

Blogue da Magui disse...

Eu acho que as síntéticas foram feitas para os pobres.Os ricos continuam a vestir couro legítimo.

gabriel inacio disse...

apoio totalmente......comigo não!!!!

Guilherme Roesler disse...

Jarbas, o pior é matar os simples animais que nada de mal fizeram.
Uma pena haver tamta barbarie!
Abraços, Guilherme.

ps. apareça, esta tão sumido....