Jornalista Jarbas Cordeiro de Campos

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Jornalista formado pela FAFI-BH,especializado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde pela ESPMG. "O Tribunal Supremo dos EUA decidiu que "só uma imprensa livre e sem amarras pode expôr eficazmente as mentiras de um governo." Nós concordamos."

23 fevereiro 2008

O FUTURO DO BRASIL PRÉ-COLOMBIANO


"Nota (14.10.2006): O artigo abaixo foi escrito antes de 23 de fevereiro de 2002, dia em que Ingrid Betancourt foi seqüestrada quando seu avião sobrevoava a Colômbia. Ela se encontra presa até hoje em poder dos guerrilheiros da Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC). "

O Brasil vê hoje seu Senado envergonhado, atolado na enxurrada de sujeira que vem a público. O povo acompanha pasmo a novela de confissões, choros arrependidos, versões cínicas e acareações. Dificilmente este momento nacional não irá repercutir sobre o futuro político brasileiro. Esperamos que, depois disso, a safra de Barbalhos e ACM saia da cena política nacional. Perplexos, nos perguntamos: Se presidentes do Senado e líderes do partido do governo estão envolvidos em maracutaias, o que não será perpetrado por deputados e senadores que vivem na sombra de seus cargos, armando golpes e traficando interesses para seus padrinhos? Neste Brasil de instituições políticas apodrecidas, a ameaça do traficante Fernandinho Beira-Mar (recentemente preso na Colômbia) de fornecer uma lista de políticos ligados à droga, pode trazer mais sustos à nossa frágil democracia.

Mas foi lá mesmo, na Colômbia, que a combinação tráfico de drogas e corrupção levou o país a situações extremas de deterioração da democracia. Na Colômbia, o capital que controla o poder corrompendo políticos, não vem de grandes grupos monopolistas interessados em manter o controle sobre setores da economia, como é o caso do Brasil. Lá, são os cartéis da droga, que movimentam bilhões de dólares, que, literalmente compram deputados, senadores e ... presidentes da república. "...

2 comentários:

Magui disse...

Tem razão.Temos problemas demais para preocuparmos com os vizinhos. Pior é quem sustenta tudo isso e ainda vira personagem de filme premiado.

Ernesto Friedman disse...

O artigo acima foi copiado do site polemikos.com. Não houve nem a citação do site. É procedimento estranho para um blog que se propõe discutir, entre outras coisas, a defesa do consumidor.